Skip to main content

O Website não está totalmente disponível de momento.

A nossa ferramenta que gere a sua autorização para utilizarmos cookies está temporariamente offline. Por conseguinte, algumas funcionalidades que requerem a sua autorização para utilizar cookies poderão estar em falta.

BMW i5: Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 15,9–18,8; Autonomia elétrica, WLTP, em km: 498–582

O ATUAL BMW SÉRIE 5.

O BMW Série 5 Berlina é o epítome da berlina executiva. Elegante por fora. Luxuoso por dentro. Equipado com tecnologia de última geração para maior segurança e conforto. Especialmente dinâmico e características de condução desportivas. Com suspensões precisas e motores potentes.

Ordenar por Relevância
Ordenar por Preço (Crescente)
Ordenar por Preço (Decrescente)
Ordenar por Potência (Crescente)
i5 M60 xDrive Berlina
i5 M60 xDrive Berlina
  • 442 (601) kW (cv)
  • 0–100 em 3,8 seg.
BMW M

BMW i5 M60 xDrive Berlina.

Preço desde: 116.500,00 €

BMW i5 M60 xDrive[1]: Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 18,2–20,5; Autonomia elétrica, WLTP, em km: 457-516

i5 eDrive40 Berlina
  • até 250 (340) kW (cv)
  • 0–100 em 6 seg.
BMW i

BMW i5.

Preço desde: 77.000,00 €

X5 M60i xDrive
  • até 390 (530) kW (cv)
  • 0–100 em 4,3 seg.
BMW M

BMW X5 M.

Preço desde: 151.650,00 €

X5 xDrive40d
  • até 259 (352) kW (cv)
  • 0–100 em 5,5 seg.

BMW X5.

Preço desde: 124.550,00 €

BMW M5 Limousine
  • até kW (cv)
  • 0–100 em 0 seg.
BMW M

BMW Série 5, versões M.

Preço desde: 0,00 €

[2] O modelo já não se encontra disponível para encomenda como viatura nova.

520i Berlina
  • até 153 (208) kW (cv)
  • 0–100 em 7,5 seg.

BMW Série 5 Berlina.

Preço desde: 62.900,00 €

530e Berlina
  • até 220 (299) kW (cv)
  • 0–100 em 6,3 seg.

BMW Série 5 Berlina Híbrido Plug-In.

Preço desde: 71.100,00 €

BMW i5 M60 xDrive Touring
BMW i5 M60 xDrive Touring
  • 442 (601) kw (cv)
  • 0–100 em 3,9 seg.
BMW M

BMW i5 M60 xDrive Touring.

Preço desde: 118.500,00 €

BMW i5 M60 xDrive Touring[1]: Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 18,2-20,5; Autonomia elétrica, WLTP em km: 445-506

BMW i5 eDrive40 Touring
  • até 250 (340) kw (cv)
  • 0–100 em 6,1 seg.

BMW i5 Touring.

Preço desde: 79.000,00 €

BMW 520d xDrive Touring
  • até 145 (197) kw (cv)
  • 0–100 em 7,5 seg.

BMW Série 5 Touring.

Preço desde: 70.700,00 €

530e xDrive Touring
  • até 220 (299) kw (cv)
  • 0–100 em 6,4 seg.

BMW Série 5 Touring Híbrido Plug-In.

TÓPICOS ADICIONAIS

Hub de Sustentabilidade Série i – subida de uma estrada sinuosa de montanha sem trânsito numa zona florestal junto à costa

SUSTENTABILIDADE BMW.

BMW i7, ligado a uma estação de carregamento em frente a um edifício de escritórios

MOBILIDADE ELÉTRICA BMW.

BMW i5 estacionado à frente de um instituto financeiro

BMW FINANCIAL SERVICES.

UMA VISÃO GERAL DO BMW SÉRIE 5.

O BMW Série 5 continua o conceito de “Nova Classe”. Combina inovações tecnológicas, motores potentes e características de conforto da classe de luxo. Há cinquenta anos que elementos icónicos como a grelha dupla em forma de rim e o “ângulo Hofmeister” no pilar C fazem parte da sua imagem de marca. Além disso, o BMW Série 5 é o primeiro veículo a introduzir o conhecido sistema de identificação para a série de modelos. O primeiro dígito indica a série do modelo. Os outros dois dígitos disponibilizam informação sobre a motorização.

A partir do BMW Série 5, todos os modelos seguintes foram identificados de acordo com este sistema. Desde o início que o BMW Série 5 é pioneiro na sua classe e representa, em todo o mundo, o pináculo das berlinas executivas. Saiba mais sobre o meio século do BMW Série 5.

BMW 520 (E12), estacionado numa perspetiva frontal a três quartos

A PRIMEIRA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW E12)

 

Em 1972, a BMW apresenta uma berlina para o segmento médio superior. A sua criação ficou a cargo de uma lenda do design, Paul Bracq. Este veículo é o primeiro BMW Série 5. Já apresenta todos os traços característicos que também vão marcar a sua diferença no futuro. Entre eles destacam-se a impressionante grelha do radiador com os faróis duplos, a silhueta alongada e a tração traseira, típica da BMW. A suspensão conjuga o comportamento desportivo com segurança e conforto. No cockpit, o foco assenta na estrita funcionalidade. O seu interior impressiona com os materiais de elevada qualidade e um conjunto de funcionalidades práticas.

 

O ano seguinte apresenta motorizações mais potentes. Primeiro, o BMW 525 com 145 cv (107 kW) e depois o BMW 528 com 165 cv (121 kW).

 

A partir de 1977, o capot sobe em todos os modelos. As luzes traseiras ficam maiores. Os modelos de 6 cilindros, o BMW 525 e 528, são equipados com duplo carburador. Em consequência disso, aumentam a sua potência. Depois de um total de praticamente 700 000 modelos, a produção continua até ao aparecimento do sucessor.

 

Período de produção: 1972 – 1981
Motores: 1,8 – 3,5 litros (90 – 218 cv, 66 – 160 kW), 4 e 6 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4620 mm/1690 mm/1425 mm

BMW Série 5 (E28), estacionado numa perspetiva frontal a três quartos

A SEGUNDA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW E28)

 

A evolução técnica continua. Além disso, é dedicada mais atenção ao design, com pormenores como a traseira elevada para fins aerodinâmicos. A típica secção dianteira, com os faróis duplos e a grelha do radiador, permanece inalterada. No interior, as inovações técnicas como o ABS, os airbags, a gestão eletrónica do motor, o catalisador e o computador de bordo são disponibilizados como opcionais. Agora, quase todos os motores recorrem a sistema de injeção.

 

Em 1983, surge o primeiro BMW Série 5 equipado com motor a diesel. O BMW 524td debita 115 cv (85 kW) apresentando-se, na época, como a berlina a diesel mais rápida no mundo.

 

Em 1985, juntamente com o BMW M535i, é apresentado o primeiro BMW M5. Estabelece as bases para uma gama de berlinas desportivas. Estes modelos comprovam que as características de condução excecionais não são exclusivas dos automóveis desportivos exóticos. O BMW M5 é totalmente construído à mão. Partilha o motor de 6 cilindros em linha de 3,5 litros com o BMW M635CSi e debita uns impressionantes 286 cv (210 kW). Apesar desta potência, a sua estética permanece discreta e elegante.

 

Mesmo em 1974, a BMW M GmbH disponibiliza versões M do BMW E12 em quantidades limitadas. O destaque vai para o BMW M535i. Com o seu inconfundível spoiler dianteiro e motor de 6 cilindros capaz de produzir 218 cv (160 kW), define novos padrões, tanto em termos estéticos como dinâmicos. Até final de 1987, saem da linha de produção mais de 722 000 BMW Série 5.

 

Período de produção: 1981 – 1987
Motores: 1,8 – 3,5 litros (90 – 286 cv, 66 – 210 kW), 4 e 6 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4620 mm/1700 mm/1415 mm

BMW M5 Berlina (E34), estacionado numa perspetiva frontal a três quartos

A TERCEIRA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW E34)

 

A nova geração do BMW Série 5 é apresentada em 1988. Apresenta um comprimento e uma largura superiores à do modelo anterior. Ainda assim, é mais aerodinâmico. Como resultado, todos os BMW Série 5 com motor de combustão atingem uma velocidade superior a 200 km/h. Graças à sua maior distância entre eixos, apresenta um comportamento desportivo e dinâmico. O comportamento beneficia também de uma distribuição de peso quase perfeita de 50:50 entre o eixo dianteiro e traseiro. Começa com o motor de 4 cilindros do BMW 518i até chegar ao potente BMW M5 com 315 cv (232 kW), disponibilizado logo no ano de lançamento.

 

Em 1991, o BMW Série 5 Touring capta as atenções. Pela primeira vez, a BMW apresenta uma touring para o segmento médio superior. O óculo traseiro ganha um destaque especial, porque pode ser aberto de forma independente da porta da bagageira. No mesmo ano, as portas recebem um reforço da proteção contra impactos laterais para melhorar a segurança.

 

Em 1992, chega ao mercado o BMW 525iX. É o primeiro BMW Série 5 com tração integral. Em simultâneo, os modelos BMW Série 5 são equipados com motores V8. Os motores do BMW 530i e BMW 540i caracterizam-se por um funcionamento especialmente silencioso e potente. . O BMW M5 mantém o seu motor de 6 cilindros em linha. Contudo, vê a cilindrada a aumentar para os 3,8 litros. Isto resulta também num incremento da potência para os 340 cv (250 kW). Além disso, o BMW M5 agora também está disponível como modelo Touring. A produção da berlina é descontinuada em 1995. O BMW Série 5 Touring continua disponível até 1996. No total, foram entregues 1,3 milhões de BMW deste modelo.

 

Período de produção: 1988 – 1996
Motores: 1,8 – 4,0 litros (113 – 340 cv, 83 – 250 kW), 4, 6 e 8 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4720 mm/1751 mm/1412 – 1421 mm

BMW Série 5 Berlina (E39), estacionado numa perspetiva lateral a três quartos, no piso superior de um parque de estacionamento

A QUARTA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW E39)

 

A nova geração do BMW Série 5 vê as suas dimensões aumentadas face ao modelo anterior. No entanto, graças à utilização de alumínio leve no chassis, o seu peso quase não sofre alteração. Esta solução traduz-se em melhorias em termos de agilidade, estabilidade e precisão de condução. Além disso, desde 1995, o BMW Série 5 apresenta uma proteção anticorrosão impressionante porque grande parte da sua carroçaria foi sujeita a um processo de galvanização por imersão a quente. A sua aerodinâmica também é impressionante. O BMW Série 5 apresenta o melhor coeficiente de resistência aerodinâmica da sua classe. Os dez airbags opcionais tornam o BMW especialmente seguro.

 

Um novo BMW Série 5 Touring também é apresentado em 1997. Em 1998, apresenta uma novidade para a versão a diesel, que define novos padrões mundiais em termos de prestações e eficiência, com o motor de 6 cilindros em linha equipado com sistema de injeção Common Rail. Os motores modernos inspiram com as suas prestações impressionantes e um funcionamento suave, desde o motor diesel de 4 cilindros até ao potente motor V8 com 400 cv (294 kW) que equipa o BMW M5.

 

No ano 2000, a remodelação estética do BMW Série 5 apresenta os icónicos anéis de luz para as luzes de médios à volta dos faróis. Os faróis de nevoeiro também adotam o formato redondo em lugar da forma angular dos modelos anteriores. Com mais de 1,48 milhões de veículos entregues, incluindo 266 000 modelos Touring, o BMW Série 5 atinge um novo recorde de vendas até ao final da sua produção em 2004.

 

Período de produção: 1995 – 2004
Motores: 2,0 – 5,0 litros (115 – 400 cv, 85 – 294 kW), 4, 6 e 8 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4775 – 4805 mm/1800 mm/1435 – 1445 mm

BMW Série 5 Berlina E60, em movimento numa perspetiva frontal a três quartos

A QUINTA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW E60, E61)

 

Chris Bangle é o designer responsável pelas linhas características do BMW Série 5 Berlina, disponível a partir de 2003. A alternância entre os planos côncavos e convexos cria uma interação única entre luz e sombra. O conceito de utilização também é adotado das berlinas de luxo da BMW. O condutor controla o BMW Série 5 através do iDrive, enquanto o Head-Up Display projeta as informações mais relevantes para o condutor, diretamente no seu campo de visão, no para-brisas. O novo BMW Série 5 Berlina é maior e mais espaçoso do que os modelos anteriores. Contudo, graças ao seu método de construção leve, com a secção frontal de alumínio, consegue ser até 75 kg mais leve. Opcionalmente, dispõe de iluminação em curva e luzes de travagem adaptativas. Além disso, o BMW Série 5 também está equipado com Dynamic Drive, um controlo dinâmico do amortecimento que reduz as oscilações da carroçaria, e Cruise Control Ativo (ACC). As motorizações de 6 cilindros em linha impressionam tanto nas versões a diesel, com recurso à tecnologia de injeção Common Rail, como nas versões a gasolina com sistema Bi-VANOS.

 

A partir de 2004, o veículo passou a estar disponível também na versão Touring. Um ano depois, o BMW M5 chega ao mercado na versão Berlina e Touring. Com o seu potente motor V10 de 5 litros, com uma potência de 507 cv (373 kW), torna-se numa das carrinhas mais rápidas do mundo.

 

Em 2007, é sujeito a uma cuidadosa modernização. Entre estas alterações incluem-se os faróis, os para-choques e o sistema iDrive renovado.

 

Período de produção: 2003 – 2010
Motores: 2,0 – 5,0 litros (163 – 507 cv, 120 – 373 kW), 4, 6, 8 e 10 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4841 – 4855 mm/1846 mm/1468 – 1512 mm

BMW Série 5 Gran Turismo (F07), em movimento numa perspetiva frontal a três quartos

BMW SÉRIE 5 GRAN TURISMO.

(BMW F07)

 

Em paralelo com o desenvolvimento do BMW Série 5, a BMW cria um segmento completamente novo. O BMW Série 5 Gran Turismo tem a elegância de uma berlina, a flexibilidade de utilização de um Sports Activity Vehicle e a personalidade desportiva de um Gran Turismo clássico. Combina elegância, um nível de conforto generoso e espaçoso e a dinâmica de condução típica de um BMW.

 

As linhas do tejadilho ao estilo coupé, a vista lateral rasgada e a característica grelha em forma de rim da BMW criam um efeito harmonioso. As luzes traseiras em forma de L e as linhas horizontais criam um efeito de maior amplitude da traseira.

 

O controlo dinâmico de condução com a transmissão automática de 8 velocidades, equipada de série, torna o BMW Série 5 Gran Turismo especialmente dinâmico e eficiente. As inovações técnicas como o eixo dianteiro de braços de suspensão transversais, um eixo traseiro em V integral e a direção ativa integral, opcional, melhoram o comportamento da condução e a estabilidade em curva. O interior é espaçoso e versátil na gama de utilizações que oferece. A posição elevada dos bancos e as grandes superfícies vidradas proporcionam ao condutor uma melhor visibilidade da estrada. Os materiais de elevada qualidade completam o ambiente luxuoso. O BMW iDrive oferece aos condutores uma forma simples e intuitiva de controlar os sistemas de assistência, como o aviso de mudança de faixa de rodagem, o BMW Night Vision e o assistente da luz de máximos. Além disso, a instalação da ligação permanente à Internet garante uma ligação com os sistemas BMW Online e BMW Teleservices.

 

Período de produção: 2009 – 2017
Motores: 2,0 – 4,4 litros (184 – 450 cv, 135 – 330 kW), 4, 6 e 8 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4998 mm/1901 mm/1559 mm

BMW 518d Berlina (F10 LCI), em movimento numa perspetiva lateral a três quartos

A SEXTA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW F10, F11)
 

Em 2010, é apresentada uma nova geração do BMW Série 5, a versão mais bem sucedida, com mais de dois milhões de unidades vendidas. O design elegante e desportivo, o puro prazer de conduzir e o grande número de inovações tecnológicas justificam estas vendas. O sistema de tração integral inteligente BMW xDrive distribui as forças de tração de acordo com a situação de condução. É disponibilizado um motor V8 com tecnologia BMW TwinPower Turbo com uma potência de 407 cv (300 kW), como o motor a gasolina mais potente. O motor a diesel mais potente é um 6 cilindros em linha, capaz de entregar 300 cv (200 kW). O veículo está disponível como Berlina e como Touring.


A partir de setembro de 2010, o Pack M oferecer uma melhoria ainda mais desportiva ao interior e exterior do Série 5. A suspensão desportiva M, o pack aerodinâmico M e as jantes de liga leve M transformam esta estrela desportiva num atleta excecional. Para reforçar a exclusividade, no interior é possível encontrar os bancos desportivos com design M, um volante M em pele, a alavanca das mudanças M e os frisos interiores M.


A remodelação estética de 2013 implementa uma renovação do design, adicionando também algumas opções de motorização ao portefólio. Os faróis de xénon e a integração mãos-livres de dispositivos através de Bluetooth passam a integrar o equipamento de série. Em 2016, o BMW 530e passou a estar disponível como versão híbrida. Com o motor híbrido Plug-In, o BMW permite uma condução sem a emissão de gases. Os elementos característicos da BMW, como a dinâmica de condução, o conforto e a eficiência permanecem inalterados.


Período de produção: 2010 – 2017
Motores: 2,0 – 4,4 litros (143 – 575 cv, 105 – 423 kW), 4, 6 e 8 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4899 – 5039 mm/1860 mm/1464 – 1471 mm

BMW 530e Berlina (G30), em movimento numa perspetiva frontal a três quartos

A SÉTIMA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW G30, G31)

 

Em 2017, o BMW Série 5 estabelece um novo padrão na gama das berlinas executivas desportivas, também em termos estéticos, com as típicas proporções BMW, a longa distância entre eixos, o capot alongado e uma linha fluída do tejadilho. As superfícies evidentes e os contornos esculpidos com precisão acentuam a grelha em forma de rim BMW, que faz a ligação direta com os faróis e realça de forma impressionante a largura do veículo. O Touring, com um prático volume da bagageira, também surge no mesmo ano.

 

Disponibiliza uma vasta gama de motorizações modernas, não podendo faltar a eficiente versão híbrida Plug-In. A suspensão adaptativa opcional e a direção ativa integral melhoram a dinâmica de condução. Os sistemas de assistência progressiva garantem a segurança. O assistente de condução Professional, disponível como opcional, disponibiliza assistência automática para funções como a manutenção na faixa de rodagem, para garantir uma condução mais descontraída.

 

Em 2020, a atualização aplica alterações ao design da grelha. Os faróis com luz laser opcional ficam mais planos e também são apresentadas novas opções de pintura. No interior, estão disponíveis os novos bancos conforto, como opcional. Os sistemas de assistência são alargados para incluir o assistente de paragem de emergência e ativação automática dos travões.

 

Período de produção: 2017 – até ao momento
Motores: 1,6 – 4,4 litros (184 – 530 cv, 135 – 390 kW), 4, 6 e 8 cilindros
Comprimento/largura/altura: 4936 – 4972 mm/1868 mm/1483 – 1498 mm

BMW i5 M60 xDrive Berlina G60

A OITAVA GERAÇÃO DO BMW SÉRIE 5.

(BMW G60, G61)

 

O design desportivo do BMW Série 5 é reinterpretado na oitava geração. Elementos característicos do design, como as típicas proporções BMW, a longa distância entre eixos, o capot alongado e a linha fluída do tejadilho são implementados com especial elegância. Destaques exclusivos como a “Iconic Glow”, a grelha BMW em forma de rim iluminada, o tejadilho de vidro Panoramic de dimensões generosas e a barra de interação cristalina, conferem ao novo BMW Série 5 a sua própria personalidade. Em 2024, o modelo também chega ao mercado como Touring com espaço confortável.

 

A vasta gama de motorizações é notável: a última geração do BMW Série 5 está disponível com os clássicos motores a gasolina ou diesel. Contudo, disponibiliza também o BMW i5, 100% elétrico, uma motorização híbrida Plug-In, ou a versão M de elevadas prestações.

 

A segurança e o conforto são indissociáveis de qualquer motorização. As abrangentes tecnologias de assistência e conectividade tornam as longas viagens mais agradáveis, enquanto o BMW Live Cockpit Professional apresenta uma visão geral alargada de todas as informações de condução.

 

Período de produção: desde 2023
Motores: 2,0 litros, motor elétrico (163 – 601 cv, 120 – 442 kW), 4 cilindros
Comprimento/largura/altura: 5060 mm/1900 mm/1505 – 1515 mm

BMW Série 5 Berlina: Consumo de combustível, combinado, WLTP, em l/100 km: 6,4-5,1; Emissões de CO2, combinadas, WLTP, em g/km: 157–130

 

BMW i5 Berlina: Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 15,9–18,8; Autonomia elétrica, WLTP, em km: 498–582

QUESTÕES FREQUENTES.

Consumo e emissões de CO2.

BMW i5 eDrive40 Berlina[1]

Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 15,9–19,5;

Autonomia elétrica, WLTP, em km: 477-516

 

 

BMW i5 M60 xDrive Berlina[1]

Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 18,2–20,5;

Autonomia elétrica, WLTP, em km: 457-516

 

 

BMW i5 M60 xDrive Touring[1]:

Consumo de energia elétrica, combinado, WLTP, em kWh/100 km: 18,3–20,8;

Autonomia elétrica, WLTP, em km: 445–506


[1]
 A autonomia varia de acordo com diversos fatores, por exemplo, o estilo de condução individual, as características do percurso, a temperatura exterior e a utilização do aquecimento/ar condicionado e da climatização prévia.

 

[2] O modelo já não se encontra disponível para encomenda como viatura nova.

 

Os valores de desempenho, consumo de combustível e emissões de CO2 são relativos a viaturas com transmissão de série.
O consumo de combustível, as emissões de CO2, o consumo de energia e a autonomia elétrica apresentados são determinados de acordo com o processo de medição tal como definido pelo Regulamento Europeu (CE) 715/2007 na versão aplicável. Em caso de intervalos de valores, os dados determinados pelo WLTP têm em consideração o equipamento opcional (neste caso, disponível no mercado alemão). No caso de viaturas recentemente homologadas desde 1 de janeiro de 2021, apenas os dados de acordo com o WLTP são considerados oficiais. Além disso, os valores NEDC são eliminados dos certificados de conformidade de 1 de janeiro de 2023, conforme o Regulamento Europeu (CE) 2022/195.  Para mais informação sobre os procedimentos de teste NEDC e WLTP, consulte www.bmw.com/wltp

Para mais informações sobre o consumo de combustível e as emissões de CO2 específicas oficiais das novas viaturas, consulte as "Diretrizes sobre consumo de combustível, emissões de CO2 e consumo de energia de novas viaturas", disponíveis nos Concessionários, na Deutsche Automobil Treuhand GmbH (DAT), Hellmuth-Hirth-Str. 1, 73760 Ostfildern-Scharnhausen, Alemanha, e em https://www.dat.de/co2/.

Os valores de performance dos motores a gasolina aplicam-se a viaturas que utilizam o combustível RON 98. Os valores de consumo de combustível aplicam-se a viaturas que utilizam combustíveis de referência de acordo com o Regulamento Europeu (UE) 2007/715. O funcionamento é também possível com RON 91 sem chumbo ou superior com um teor máximo de etanol de 10% (E10). A BMW recomenda o combustível RON 95. Para as viaturas de elevado desempenho, a BMW recomenda o combustível RON 98.